Postagens

TikTok: o app que já supera os downloads do Instagram

Imagem
O aplicativo de celular TikTok parece ter surgido do nada e já supera os downloads do Facebook, Instagram, YouTube e Snapchat, nos Estados Unidos.
Dados de novembro mostram que o app é o 5º mais baixado na AppStore e 2º mais baixado na GooglePlay, entre os usuários norte-americanos.
Mas não é só o aplicativo que anda em evidência. A dona do TikTok, a empresa chinesa ByteDance, é considerada a startup mais valiosa o mundo, com um preço estimado em cerca de U$S 75 bilhões.
Mas, afinal, de onde surgiu esse fenômeno?

Tudo começou com um aplicativo chamado Musical.ly, uma plataforma de vídeos curtos, com duração de apenas 15 segundos, que funciona como uma rede social.
Os usuários gravam e editam os vídeos com algumas ferramentas especiais e publicam em suas contas. Eles também podem seguir usuários, dar likes, comentar, entre outras funções comuns para esse tipo de rede.
Em novembro de 2017, a chinesa ByteDance comprou o aplicativo Musical.ly. Na época, o app tinha cerca e 60 milhões de usuár…

Já conhece os apps que são febre na China?

Imagem
Você já deve ter ouvido falar dos vários aplicativos que só existem ou só são famosos de verdade na China. Aqui no ocidente, usamos apps similares, mas as funções costumam ser um pouco diferentes.
Essa “exclusividade” acontece porque o governo chinês aplica alguns bloqueios e restrições ao conteúdo da internet acessado pelos usuários do país. Sites comoGoogle, Facebook, Twitter e YouTube são proibidos por lá.
Para as empresas, marcas ou personalidades do Brasil que querem chegar ao público chinês, é importante conhecer esses aplicativos específicos, entender um pouco da interação do país com a rede e ficar atento ao que não é permitido.
Além disso, se você pretende viajar para a China, pode ser que esses apps te ajudem bastante. Veja quais são os principais deles.
           1-WeiXin (微信 Wēixìn)
O WeChat, ou WeiXin, é da companhia Tencent Holdings, a segunda maior empresa de tecnologia da Ásia. No ocidente, ele é apenas um app de mensagens e chamadas gratuitas.
Já na China, é um verdadeir…

Jack Ma decidiu se aposentar! Conheça o homem mais rico da China

Imagem
O homem mais rico da China e criador do Grupo Alibaba, Jack Ma, decidiu se aposentar!
O bilionário anunciou, agora em setembro, que vai deixar a presidência da companhia de comércio eletrônico que inclui o famoso site de e-commerce Aliexpress. A empresa foi fundada por ele em 1999, na cidade de Hangzhou, na China.
Ao jornal The New York Times, o bilionário disse que quer dedicar seu tempo e dinheiro a projetos filantrópicos e à educação.
Provavelmente, a saída será no ano que vem, quando a companhia completa duas décadas de existência. Quem vai assumir o posto é o atual CEO Daniel Zhang, mas Jack Ma deve continuar no conselho da Alibaba.
Sobre Jack Ma
O empresário de apenas 54 anos tem uma fortuna avaliada em 36,6 bilhões de dólares. Na China, Jack Ma é o mais famoso líder de negócios, muito conhecido por ser franco e carismático.
Para se ter uma ideia, ano passado, no aniversário de 18 anos da companhia, Jack Ma cantou e dançou músicas de Michael Jackson para 40 mil funcionários da empres…
Imagem
As eleições não assustam: chineses continuam investindo (e muito) no Brasil

Nos últimos anos, a China tem investido muito no Brasil e não parece ter intenção de parar. Entre projetos anunciados e confirmados, em 2017, os chineses deixaram US$ 20,9 bilhões por aqui – o segundo maior valor já visto na relação dos dois países.
De janeiro a junho deste ano, os investimentos ultrapassam US$ 1,3 bilhão, segundo dados do Ministério do Planejamento. Já são ao menos 250 projetos anunciados pela China aqui no Brasil desde 2003 – 102 estão confirmados.
O que o Brasil tem de especial?
Com a recessão econômica dos últimos anos, os preços no Brasil ficaram mais interessantes e atraíram os chineses.
Nem mesmo as incertezas do ano eleitoral parecem assustar, já que os investimentos do primeiro semestre foram 4 vezes maiores que na mesma época do ano passado.
Há poucos dias, o presidente chinês, Xi Jinping, disse a Michel Temer que o país vai participar do programa de venda das distribuidoras da Eletrobras…

Está meio por fora da guerra comercial entre EUA e China? A gente explica!

Imagem
Já há alguns meses você deve estar ouvindo falar sobre a guerra comercial entre Estados Unidos e China - e como isso afeta (e ainda vai afetar) nossas vidas por aqui.
Para você ficar por dentro da história toda, fizemos um resumão. Mas, antes, é importante explicar o que significa “sobretaxar” ou “aumentar as tarifas” sobre um produto importado.
Quando um país compra um produto de outro país precisa pagar impostos ao governo para que a mercadoria entre em seu território. Se os impostos ficam caros demais, os importadores param de comprar daquele parceiro e procuram outros fornecedores, inclusive no mercado interno. Isso prejudica o exportador, que vai perder vendas.
É basicamente isso que EUA e China estão fazendo - aumentando impostos sobre mercadorias que vêm do país rival:
- No início do ano, os Estados Unidos sobretaxaram máquinas de lavar e painéis solares importados da China. Em março, foi a vez do alumínio e do aço. Pequim respondeu sobretaxando mais de 100 produtos americanos, …

Festival do Barco do Dragão será comemorado entre 16 e 18 junho; China se prepara para as celebrações

Imagem
Já comentamos por aqui que o ano na China é baseado no calendário lunar, não comentamos? O calendário lunar é referência não apenas para a celebração do Ano Novo Chinês, mas também para os feriados nacionais que seguem pelos meses seguintes.
Neste ano, junho será mês de celebrar o Festival do Barco do Dragão, também chamado de Duān Wǔ ou Tuen Ng Festival. O tradicional feriado chinês é comemorado há 2 mil anos sempre no quinto dia do quinto mês lunar.

2018 ANO DO CACHORRO: Preocupação social, prosperidade nos negócios e o Brasil hexacampeão na Copa.

Imagem
Preocupação social, prosperidade nos negócios e o Brasil hexacampeão na Copa.Veja as previsões do Ano Chinês do Cachorro.

O ano novo chinês começou no dia 16 de fevereiro, seguindo o calendário lunar, e deu início ao Ano do Cachorro. Cada novo ano na China é regido por um dos 12 animais que formam o Horóscopo Chinês. São eles: rato, boi, tigre, coelho, dragão, serpente, cavalo, cabra, galo, macaco, cachorro e porco.
Além de ser regido pelo cachorro, 2018 está sendo influenciado pelo elemento Terra. Os chineses acreditam que o Ano do Cachorro de Terra é um tempo marcado pela lealdade, proteção, verdade e justiça. Este ano chinês termina no dia 05 de fevereiro de 2019.