Postagens

Imagem
As eleições não assustam: chineses continuam investindo (e muito) no Brasil

Nos últimos anos, a China tem investido muito no Brasil e não parece ter intenção de parar. Entre projetos anunciados e confirmados, em 2017, os chineses deixaram US$ 20,9 bilhões por aqui – o segundo maior valor já visto na relação dos dois países.
De janeiro a junho deste ano, os investimentos ultrapassam US$ 1,3 bilhão, segundo dados do Ministério do Planejamento. Já são ao menos 250 projetos anunciados pela China aqui no Brasil desde 2003 – 102 estão confirmados.
O que o Brasil tem de especial?
Com a recessão econômica dos últimos anos, os preços no Brasil ficaram mais interessantes e atraíram os chineses.
Nem mesmo as incertezas do ano eleitoral parecem assustar, já que os investimentos do primeiro semestre foram 4 vezes maiores que na mesma época do ano passado.
Há poucos dias, o presidente chinês, Xi Jinping, disse a Michel Temer que o país vai participar do programa de venda das distribuidoras da Eletrobras…

Está meio por fora da guerra comercial entre EUA e China? A gente explica!

Imagem
Já há alguns meses você deve estar ouvindo falar sobre a guerra comercial entre Estados Unidos e China - e como isso afeta (e ainda vai afetar) nossas vidas por aqui.
Para você ficar por dentro da história toda, fizemos um resumão. Mas, antes, é importante explicar o que significa “sobretaxar” ou “aumentar as tarifas” sobre um produto importado.
Quando um país compra um produto de outro país precisa pagar impostos ao governo para que a mercadoria entre em seu território. Se os impostos ficam caros demais, os importadores param de comprar daquele parceiro e procuram outros fornecedores, inclusive no mercado interno. Isso prejudica o exportador, que vai perder vendas.
É basicamente isso que EUA e China estão fazendo - aumentando impostos sobre mercadorias que vêm do país rival:
- No início do ano, os Estados Unidos sobretaxaram máquinas de lavar e painéis solares importados da China. Em março, foi a vez do alumínio e do aço. Pequim respondeu sobretaxando mais de 100 produtos americanos, …

Festival do Barco do Dragão será comemorado entre 16 e 18 junho; China se prepara para as celebrações

Imagem
Já comentamos por aqui que o ano na China é baseado no calendário lunar, não comentamos? O calendário lunar é referência não apenas para a celebração do Ano Novo Chinês, mas também para os feriados nacionais que seguem pelos meses seguintes.
Neste ano, junho será mês de celebrar o Festival do Barco do Dragão, também chamado de Duān Wǔ ou Tuen Ng Festival. O tradicional feriado chinês é comemorado há 2 mil anos sempre no quinto dia do quinto mês lunar.

2018 ANO DO CACHORRO: Preocupação social, prosperidade nos negócios e o Brasil hexacampeão na Copa.

Imagem
Preocupação social, prosperidade nos negócios e o Brasil hexacampeão na Copa.Veja as previsões do Ano Chinês do Cachorro.

O ano novo chinês começou no dia 16 de fevereiro, seguindo o calendário lunar, e deu início ao Ano do Cachorro. Cada novo ano na China é regido por um dos 12 animais que formam o Horóscopo Chinês. São eles: rato, boi, tigre, coelho, dragão, serpente, cavalo, cabra, galo, macaco, cachorro e porco.
Além de ser regido pelo cachorro, 2018 está sendo influenciado pelo elemento Terra. Os chineses acreditam que o Ano do Cachorro de Terra é um tempo marcado pela lealdade, proteção, verdade e justiça. Este ano chinês termina no dia 05 de fevereiro de 2019.


DANÇA DO DRAGÃO E DO LEÃO

Imagem
Cores, sons, movimentos, força e sincronia: as danças do dragão e do leão cativam qualquer audiência. Tratam-se de shows dinâmicos e empolgantes, construídos e realizados única e exclusivamente a partir da habilidade humana, sem recursos eletrônicos ou digitais.
Quase onipresentes na civilização, os dragões estão presentes na cultura da China desde a pré-história, representados em linhas gerais, como serpentes com cabeça de cavalo e dois chifres. Acreditava-se que traziam chuvas para as plantações, e estavam fortemente associados à água: soprando seu hálito nebuloso, conferiam aos pântanos sua bruma característica; asseguravam o fluxo dos rios que abasteciam as vilas e povoados e faziam sua morada no fundo de mares e grandes lagos.


Logo após o dragão, o segundo animal divino mais importante a ocupar o posto de grande protetor e símbolo de nobreza e dignidade é o leão. Não existiam leões na China, mas seu papel mitológico na cultura do Extremo Oriente é dos mais relevantes, razão pela qu…

OS NÓS CHINESES

Imagem
Antigamente os chineses usavam o artifício de amarrar um barbante no dedo para marcar eventos, firmar acordos e contratos, já que não havia escrita formal. Com o tempo, eles começaram a criar nós diferentes para cada tipo de evento: mais complexos para lembrar fatos importantes, mais simples para eventos corriqueiros, desenvolvendo uma intrincada e nobre técnica, com inúmeras variações.
Atualmente, existe pouco mais de uma dezena de nós básicos, a partir dos quais são criadas variantes mais complexas tanto pela combinação quanto pela repetição dessas formas básicas. O material mais utilizado é o cordão de seda, e cada nó precisa ter uma camada dupla, para que ambos os lados sejam simétricos.
Há duas categorias mais comuns de nós chineses, aqueles feitos para pendurar e aqueles que servem para adornar e amarrar roupas, pingentes etc.
De qualquer maneira, seja cumprindo uma função específica, ou fazendo as vezes de elemento decorativo, esses nós simbolizam ideias diversas, como o amor, a p…

2018 Ano do Cachorro

Imagem
O calendário chinês é o mais antigo registro cronológico  que se tem conhecimento na história,  ele se baseia nos movimentos da lua e do sol, por essa razão o Ano Novo  Chinês é comemorado no primeiro dia do primeiro mês lunar, o que corresponde a uma data sempre variável no  calendário ocidental. Neste ano de 2018 ( ou 4.716), os chineses iniciam, no dia 16 de Fevereiro, as comemorações de Ano Novo. Cada ano corresponde a um signo do horóscopo chinês e este ano é a vez do cachorro, o 11º animal do zodíaco.

As principais características deste signo que influenciarão este período são: boa comunicação, seriedade e responsabilidade.  O cachorro é considerado um símbolo de  sorte, portanto 2018 será mais próspero do que os anteriores. Existem muitas lendas e mitos que contam as histórias da China e para o Ano Novo não poderia ser diferente, uma das que mais chama a atenção é a lenda do Monstro e da Noite do Ano Novo.
Há muito tempo atrás, existia um monstro chamado Nián (Ano). Ele vivia no fun…