Postagens

Primeira cidade 100% sustentável do mundo está sendo construída na China

Imagem
Ouvimos falar sobre sustentabilidade o tempo todo e já sabemos que, para a sobrevivência do planeta, é preciso descobrir um meio harmonioso de humanos e natureza conviverem - com menos lixo, menos poluição e menos destruição da fauna e flora.
A China, país mais populoso do mundo com cerca de 1,4 bilhão de pessoas, sentiu na pele os prejuízos deste desequilíbrio ambiental.
Segundo um ranking divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2016, os níveis mais altos de poluentes do mundo estavam na China. Até aquele ano, 1 milhão e 32 mil mortes já haviam sido associadas à problemas de saúde provocados pela poluição.
Com números tão preocupantes, o governo chinês começou a se movimentar para mudar essa realidade e construir cidades mais sustentáveis, onde as pessoas possam viver bem, ter mais saúde e ainda contribuir com a melhoria do planeta como um todo.
China terá a primeira “cidade floresta” do mundo
O projeto piloto dessa nova era sustentável chinesa vai acomodar 30 mil pessoas …

A NinHao esteve na maior feira de negócios do mundo: a Feira de Cantão, na China

Imagem
Está acontecendo na China a 125º edição da maior feira de negócios do mundo: a Canton Fair, ou Feira de Cantão, e a NinHao esteve lá para conferir. O evento de importação e exportação é realizado na cidade de Guangzhou, na Província de Guangdong, duas vezes ao ano:  uma vez na primavera e uma vez no outono.
Quem fica responsável pela organização é o Ministério do Comércio chinês em parceria com o Governo Popular da Província de Guangdong e o Centro de Comércio Exterior da China.
Nesta primeira edição de 2019, os números são impressionantes: 25 mil expositores, 51 sessões domésticas e estrangeiras de produtos espalhados em 7 grandes pavilhões. Um total de 1,18 milhão de metros quadrados de feira movimentando mais de US$ 27 bilhões.
“Eu nunca vi tanta gente. São muitos estrangeiros e chineses passeando pelos corredores. A maioria dos estrangeiros está acompanhada por representantes chineses. Eles fazem a tradução e explicam o ‘know how’ de como o pessoal local trabalha”, conta a especiali…

China x Taiwan; entenda o conflito

Imagem
Recentemente, o governo chinês disse que aceita conversar com Taiwan desde que seja para acordar o desenvolvimento “pacífico” e a reunificação dos dois territórios. A declaração foi feita após o principal partido de oposição da ilha taiwanesa, Kuomintang (KMT), dizer que pode assinar um acordo de paz com a China, desde que vença a eleição presidencial do ano que vem.
No início do ano, o presidente chinês, Xi Jinping, disse ainda que não descartava a possibilidade de usar forças militares para combater grupos separatistas em Taiwan. Ele deixou claro, contudo, que a reunificação seria feita de forma pacífica.
A declaração é parte de conflito que já dura anos e pode confundir quem não está por dentro da história. Por isso resolvemos explicar melhor.
Qual a relação entre China e Taiwan?
Taiwan e China estão separados desde 1949, quando terminou a guerra civil chinesa e os comunistas do Partido Comunista assumiram o poder em Pequim. Após perderem o conflito, os líderes nacionalistas do Kuomint…

Sesame Credit; o Big Brother chinês que está dando o que falar

Imagem
A China é o país mais vigiado do mundo: os 1,4 bilhões de chineses têm seus passos acompanhados diariamente por mais de 200 milhões de câmeras públicas. Elas são capazes, acreditem, de reconhecer qualquer pessoa por meio de sofisticadas tecnologias de scanner.
O cenário de ficção científica parece invasivo, mas é bem aceito pela população. Segundo a agência de notícias chinesa Xinhua, mais de 80% dos chineses aprovam a tecnologia de reconhecimento facial, pois acreditam que ela melhora, e muito, a segurança.
Quanto a isso, eles estão certos. O índice de criminalidade por lá é menor que os dos países europeus: 0,7 homicídios para cada 100 mil habitantes. Para se ter uma base de comparação, no Brasil, a proporção é de 29,8/ 100 mil.
A novidade, entretanto, é que toda essa vigilância também está ajudando a criar uma espécie de “crédito social” no país. Cidadãos com bons hábitos e comportamento terão nota mais alta e ganharão benefícios com isso. Já os cidadãos com nota baixa serão, de cert…

China x Estados Unidos: quem está ganhando a briga da Inteligência Artificial?

Imagem
A todo o tempo lemos ou presenciamos uma novidade da tecnologia que nos faz achar que o futuro está acontecendo agora mesmo. E não é para menos. São carros autônomos, aplicativos de celular cada vez mais complexos, entregas de encomendas por drones, softwares de segurança que reconhecem voz e face. Até parece mentira.
Essa onda de novidades tecnológicas é parte do que chamamos de Inteligência Artificial (AI). Basicamente, é o homem desenvolvendo máquinas inteligentes capazes de realizar tarefas com mais rapidez, segurança e precisão que os próprios homens realizam.
Para se ter uma ideia do mercado precioso do qual estamos falando, o setor de Inteligência Artificial, no mundo, é estimado em nada mais nada menos que US$ 15,7 trilhões.
Mas, afinal, você sabe do que se trata essa tão comentada Inteligência Artificial? E mais. Sabe quem está levando a melhor nessa corrida? A gente explica.
EUA x China


No mundo, temos dois grandes polos de Inteligência Artificial, que estão puxando a onda do fut…

TikTok: o app que já supera os downloads do Instagram

Imagem
O aplicativo de celular TikTok parece ter surgido do nada e já supera os downloads do Facebook, Instagram, YouTube e Snapchat, nos Estados Unidos.
Dados de novembro mostram que o app é o 5º mais baixado na AppStore e 2º mais baixado na GooglePlay, entre os usuários norte-americanos.
Mas não é só o aplicativo que anda em evidência. A dona do TikTok, a empresa chinesa ByteDance, é considerada a startup mais valiosa o mundo, com um preço estimado em cerca de U$S 75 bilhões.
Mas, afinal, de onde surgiu esse fenômeno?

Tudo começou com um aplicativo chamado Musical.ly, uma plataforma de vídeos curtos, com duração de apenas 15 segundos, que funciona como uma rede social.
Os usuários gravam e editam os vídeos com algumas ferramentas especiais e publicam em suas contas. Eles também podem seguir usuários, dar likes, comentar, entre outras funções comuns para esse tipo de rede.
Em novembro de 2017, a chinesa ByteDance comprou o aplicativo Musical.ly. Na época, o app tinha cerca e 60 milhões de usuár…